Envelhecimento e ciclo de vida segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O que é envelhecimento normal?

Muito me perguntam o que é o envelhecimento normal. Ótima pergunta, pois nós, geriatras, nos perguntamos a todo o tempo se uma determinada situação, queixa ou sintoma são normais do envelhecimento (e, como vimos, pode limitar as reservas) ou são causadas por doenças e/ou maus hábitos (e, portanto, não são normais do envelhecimento).

Aquilo que é normal do envelhecimento não pode ser nem prevenido nem revertido – mas deve ser levado em conta sempre no manejo do paciente. Aquilo que é anormal (também dizemos patológico) também deve ser levado em conta. Mas o anormal pode eventualmente ser tratado, revertido, minimizado.  É tão importante diferenciar os dois processos (que comumente ocorrem ao mesmo tempo em um paciente idoso) que eles ganharam nomes que auxiliam em sua identificação.

Senescência versus Senilidade

São, assim, dois os tipos de fenômenos que nos acompanham na jornada entre a juventude e a idade avançada: a senescência, ou envelhecimento normal (melhor explicado aqui) e a senilidade, ou envelhecimento anormal ou patológico.

Enquanto o envelhecimento normal é um processo natural e inevitável do ser humano. Como tal, não pode ser curado nem se rejuvenesce dele. A senilidade ou envelhecimento patológico, por outro lado, é em grande parte evitável, pode eventualmente ter cura e sempre existe o que fazer para diminuir o seu efeito. Isto porque a senilidade não é parte natural do nosso envelhecimento! 

A senilidade, na verdade, é a perda de capacidade funcional de um ou mais órgãos ou funções causada por maus hábitos de vida, como:

  • sedentarismo (falta de exercício);
  • excesso de bebidas alcoólicas;
  • o hábito de fumar;
  • a má alimentação
  • a obesidade;
  • a falta de prevenção e controle das doenças crônicas, como o diabetes, a hipertensão e colesterol alto, entre tantos outros.

O envelhecimento que observamos nas pessoas é, assim, a perda de reserva funcional determinada pela soma da senescência com a senilidade. 

Reforço:

  1. A senescência é normal e permite vivermos com qualidade até idades extremamente avançadas (por que não dizer: além dos 100 anos?)
  2. É a senilidade ou envelhecimento anormal que nos tira gravemente a reserva funcional e prejudica a nossa qualidade de vida à medida em que envelhecemos.
Envelhecimento e ciclo de vida segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

É por isto tudo que dizer que “idoso é tudo igual” não poderia estar mais errado! Nós envelhecemos de forma diferente uns dos outros porque vivemos vidas diferentes. Nos cuidamos de forma diferente e lidamos de forma diferente com os problemas que temos ao longo da vida. No entanto, todos deveríamos nos prevenir, porque a vida vale muito mais a pena se vivida com qualidade! Vale lembrar: quanto antes nós nos prevenimos, mais problemas nós evitamos!

Dr. Thiago Monaco
Al. dos Jurupis, 452, sala 64 – São Paulo – SP
Fone: (11) 5051-5572

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp